às 17:14:00

FASA MOC REALIZA V COLÓQUIO DE DIREITOS HUMANOS, DIVERSIDADE CULTURAL, ÉTNICO RACIAL E DE GÊNERO

Aconteceu na última quinta-feira (07), o Colóquio de Direitos Humanos, Diversidade Cultural, Étnico Racial e de Gênero, promovido pela Faculdade Santo Agostinho de Montes Claros (FASA Moc). O colóquio teve como ponto de partida a discussão de atitudes, posturas e valores que conscientizem e ensinem os cidadãos da comunidade acadêmica quanto à pluralidade étnico-racial, gênero e cultural, tornando-os capazes de interagir e buscar objetivos comuns que garantam a todos respeito aos direitos humanos e valorização da identidade.

O exercício de aproximação da educação em direitos humanos e a educação das relações étnico-raciais, culturais e de gênero é profundamente oportuno, primeiro, porque, trata-se da promoção do direito humano à igualdade, por um lado, e a não discriminação, por outro; segundo, porque a educação em direitos humanos se insere no conjunto das iniciativas educativas, entre as quais a educação das relações étnico-raciais, culturais e de gênero, como forma de promover os direitos humanos nos processos educativos diversos; terceiro, as exigências ao cumprimento das diretrizes emanadas pelo Conselho Nacional de Educação para a implantação da educação em direitos humanos em todo o país.

As Diretrizes Curriculares Nacionais para a educação exigem a formação de cidadãos e cidadãs atuantes e conscientes no seio da sociedade multicultural, pluriétnica e de gênero do Brasil, bem como o tratamento de questões e temáticas a esse respeito nas disciplinas e atividades curriculares dos cursos. Falar sobre a questão do respeito à diversidade, desarmar-se de preconceitos e compreender a realidade da população negra foram alguns dos objetivos do V Colóquio sobre Direitos Humanos , Diversidade Cultural, Étnico-Racial e de Gênero, realizado no Campus JK, no Teatro Santo Agostinho, com a participação de mais de 500 estudantes dos cursos ofertados pela faculdade. O evento foi gratuito e também aberto ao público externo. Outro objetivo proposto para o evento, que já ganhou conotação regional, foi divulgar e produzir conhecimentos, bem como atitudes, posturas e valores que eduquem os cidadãos da comunidade acadêmica quanto à pluralidade étnico-racial, gênero e cultural, tornando-os capazes de interagir e buscar objetivos comuns que garantam a todos respeito aos direitos humanos e valorização da identidade.

A programação, que se estendeu por todo o dia, teve como tema: “Tire o seu racismo do caminho que quero passar com a minha cor”. O evento contou com minicursos, oficinas, palestras e apresentações artísticas que reforçaram a cultura negra.


Fonte: