às 18:09:00

PROFESSOR DO CURSO DE PSICOLOGIA DA FASA MOC PARTICIPA DA COMISSÃO ORGANIZADORA DE ATO SIMBÓLICO EM HOMENAGEM ÀS VIDAS INTERROMPIDAS PELO COVID-19

Neste domingo, 30 de agosto de 2020, um ato simbólico em homenagem às vidas interrompidas pelo covid-19 em Montes Claros (MG) foi realizado na praça da catedral, no centro da cidade.

O objetivo do ato foi prestar uma reverência à vida daqueles se foram, reivindicar a história singular de cada um diante da pandemia e prestar solidariedade aos familiares e amigos enlutados.

O ato consistiu na exposição de 79 cadeiras vazias ao centro da praça da catedral de Montes Claros, o número diz respeito às mortes ocorridas no município, divulgadas até a presente data. Cada cadeira vazia, ao centro da praça, representou uma vida interrompida pelo covid-19. Os nomes fixados nas cadeiras foram simbólicos e juntamente com os balões vermelhos cumpriram a função de recordar a vida e a falta que cada pessoa faz no mundo de outras pessoas.

À frente das cadeiras, artistas convidados cantaram, declamaram e interpretaram em homenagem a cada um dos mortos no município e em solidariedade aos familiares e amigos enlutados.

O ato foi organizado pelo GEPPSI, um grupo de estudos de Montes Claros que reúne profissionais e estudantes da psicologia e contou com a parceria dos artistas convidados e de apoiadores.

Com o objetivo principal de homenagear as vidas interrompidas pelo covid-19, o ato também carregou consigo a esperança de sensibilizar a comunidade montes clarense a olhar para este momento histórico, do município e do mundo, com mais humanidade, solidariedade e responsabilidade.


Fonte: